A gigante da tecnologia Microsoft vai usar Blockchain Ethereum para incentivar os colaboradores, que contribuem para o desenvolvimento dos modelos de aprendizado de máquina. De acordo com uma publicação no cryptonewsz.com, citando um post no blog oficial da empresa, assinado pelo Engenheiro Sênior de Desenvolvimento de Software, Justin Harris, a Microsoft quer desenvolver seus programas de aprendizado de máquina e Inteligência Artificial (IA) com uma contribuição de desenvolvedores que enfrentam obstáculos econômicos para contribuir em grande escala.

Para simplificar, o aprendizado de máquina requer um grande conjunto de perguntas ou perguntas a serem respondidas de maneira estruturada. Esse processo requer um grande número de colaboradores, que geralmente cobram por consulta, o que se torna caro para os desenvolvedores. A Microsoft quer incentivar os desenvolvedores a realizarem o maior número de consultas possível, o que, por sua vez, ajudaria os modelos a se desenvolverem.

A adoção do blockchain é particularmente importante para tecnologias emergentes como IA, Aprendizado de Máquina, Internet das Coisas, etc., para construir a próxima geração de infraestrutura tecnológica global.

Harris afirmou no post: “Os blockchains permitem compartilhar facilmente os parâmetros do modelo em evolução. Informações recém-criadas, como novas palavras, novos títulos de filmes e novas imagens, podem ser usadas para atualizar modelos existentes hospedados, independentemente da capacidade de uma pessoa ou organização específica de atualizar e hospedar o modelo. Para incentivar as pessoas a contribuírem com novos dados que ajudarão a manter o desempenho do modelo, propomos vários mecanismos de incentivo: gamified, previsão baseada no mercado e auto-avaliação contínua“.

Como mostra claramente, a empresa está acolhendo a tecnologia blockchain no espaço tradicional. No entanto, apesar do anúncio de um incentivo, o montante do incentivo ainda não foi declarado. A Microsoft tem sido um dos precursores do desenvolvimento de blockchain globalmente, juntamente com outras grandes empresas de tecnologia como IBM, Intel e TCS. Ethereum, por outro lado, está comemorando seu quarto aniversário hoje e está tudo pronto para a grande atualização 2.0, em janeiro de 2020.