Conforme o Moeda Digital Brasil divulgou nesta segunda-feira (22), Justin Sun, fundador da Tron, tem um almoço marcado com Warren Buffett, o “oráculo de Omaha” e uma das pessoas mais ricas do mundo. Ao evento, que custou a Sun uma doação de US $ 4,57 milhões, destinada para a Fundação Glide, se juntaram também outras personalidades, como Yoni Assi, fundador e CEO da eToro; Jeremy Allaire, do Circle; e Charlie Lee, criador de Litecoin.

No entanto, de acordo com a CCN, o encontro teve de ser adiado porque Sun teve de passar no hospital por estar com pedras nos rins – a informação foi primeiro compartilhada pelo Weibo com seus seguidores e depois confirmada pelo Twitter da Tron.

A Bloomber afirmou que Buffett concordou em reagendar a reunião que, segundo informações, tem como objetivo mudar a mente do “oráculo”, que já chegou a se referir às criptomoedas como “ativos que não criam nada”.

Conforme observou também o economista Alex Krüger no Twitter, após o adiamento do encontro, a TRX da Tron caiu cerca de 8%.